quarta-feira, 19 de julho de 2017

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Fábula: A Raposa e a Cegonha


A Raposa convidou a Cegonha para jantar e lhe serviu sopa em um prato raso.

-Você não está gostando de minha sopa? - Perguntou, enquanto a cegonha bicava o líquido sem sucesso.

- Como posso gostar? - A Cegonha respondeu, vendo a Raposa lamber a sopa que lhe pareceu deliciosa.

Dias depois foi a vez da cegonha convidar a Raposa para comer na beira da Lagoa, serviu então a sopa num jarro largo embaixo e estreito em cima.

- Hummmm, deliciosa! - Exclamou a Cegonha, enfiando o comprido bico pelo gargalo - Você não acha?

A Raposa não achava nada nem podia achar, pois seu focinho não passava pelo gargalo estreito do jarro. Tentou mais uma ou duas vezes e se despediu de mau humor, achando que por algum motivo aquilo não era nada engraçado.

MORAL: às vezes recebemos na mesma moeda por tudo aquilo que fazemos.

Jean de La Fontaine

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Amizade de Serpente

Marcio Gil de Almeida
Teólogo e Pedagogo


Dizem que no ZooMatinha de Itapetinga uma  serpente filhote, chamada Apetitosa, conheceu uma ratinha, também filhote, chamado de Confiança. Elas se tornaram grandes amigas, conversavam muito e compartilhavam os sonhos da vida. 

A ratinha confiança perguntou:

- Amiga Apetitosa, qual o seu maior sonho?
-Ser mãe, ter minhas crias... E você?  Falou a serpente.
- Ser amiga sua durante toda a minha vida. Respondeu a ratinha.

 Ninguém percebia o que acontecia porque a ratinha entrava na morada da serpente por um buraco difícil de ser visto. A serpente Apetitosa  e a ratinha Confiança cresceram...Um belo dia a serpente Apetitosa estava gravida e ninguém sabia. Naquele dia o tratador colocou a quantidade normal de comida para a nobre serpente. Ela comeu com muita vontade e quando terminou, ainda continuava com muita fome. De repente, apareceu a ratinha Confiança e sem que desse tempo da ratinha falar qualquer coisa, a serpente Apetitosa em um só movimento comeu a grande amiga. Naquele memento a natureza de serpente  prevaleceu e quando ela percebeu o que tinha feito, já era tarde de mais.

LIÇÃO

Não faça amizade com serpente, pois o seu fim pode ser o mesmo da ratinha Confiança.

quarta-feira, 28 de junho de 2017

O Leão, o Asno, e a Raposa

Autor:  Esopo
Muitas vezes, ganhar significa simplesmente sair Perdendo...
Fábulas de Esopo - O Leão, o Asno, e a Raposa












Um Leão, um Asno, e uma Raposa, que caçavam juntos, conseguiram capturar uma grande quantidade de caça. Então ao Asno foi pedido que fizesse a partilha de tudo. Com muito jeito e delicadeza ele dividiu tudo em partes iguais.
A Raposa ficou satisfeita com a divisão, mas o Leão, furioso pulou sobre ele e com um golpe certeiro de sua forte pata, o jogou inerte sobre a pilha dos animais que jaziam amontoados no chão. Então ele se voltou para a Raposa e rosnou:
"Agora é a sua vez de fazer a divisão..."
A Raposa não perdeu tempo falando. Rapidamente empilhou toda caça em apenas um grande monte. Para si mesmo, ela retirou uma pequena parte, na verdade apenas os pedaços indesejáveis dos outros animais, tais como, os chifres, os cascos de uma Cabra selvagem, e o rabo de um Boi.

O Leão, o Urso, e a Raposa

Autor: Esopo
Fábulas de Esopo - O Leão, o Urso, e a Raposa












Um Leão e um Urso capturaram um cervo, e em feroz luta, disputavam pelo direito de posse da presa.
Após terem lutado bastante, cansados e feridos, eles cairam no chão completamente exaustos.
Uma Raposa, que estava nas redondezas à uma distância segura e quieta observando a tudo, vendo ambos caídos no chão e o cervo abandonado ali perto, passou correndo entre os dois e com um bote certeiro agarrou a presa abatida com a boca, desaparecendo em seguida no meio do mato.

A Guerra Das Árvores (em áudio)



Fábula em áudio: 
A Guerra das Árvores
Autoria- Marcio Gil de Almeida
Texto da Fábula A Guerra das Árvores